Xão Productions – o Maior coletivo de baile funk em NY!

Como a gente costuma dizer, Nova York está muito bem representada no quesito baile funk. Além do coletivo NOSSA, também temo pessoal do Xão Productions que tem feito ótimas produções e remixes. Além dos remixes, eles fazem festas e apresentações em MPC. E não deixam NADA a desejar no quesito MPC, ao final da entrevista tem um video mostrando toda a habilidade do Dj Comrade, que nos cedeu esta entrevista. Vamos lá:

Quem e o que é o Xão Productions?

Nós formamos o Xão em 2007 com o Mc Gringo quando ele estava em turne aqui em Nova York. Desde então, nós tocamos com ele no Rio, junto do Dj Marlboro, Dj Sandrinho, Diplo e o Daniel Haaksman no Tim Festival 2007.  A gente faz vários Bailes aqui em NY, com a turma do NOSSA….além tocar bastante como dj pra Zuzuka Poderosa.

Eu pessoalmente já fui pra Favela, e gravei com o Mc Maiquinho, Mc Vakão, Mc Gus, Mc Ombrinho. Eles fizeram as vinhetas pra mim, porque eles sabem que nós somos os unicos funkeiros de verdade aqui nos EUA. E eu também ja entrei duas vezes no Complexo do Alemão e na Chatuba! Com oMc Gringo e Mc Smith. Muito legal! Muitas armas e umas Caixas de som enormes!

Como eu disse, nos estamos lançando um album com o Mc Gringo, o Funk Cumbia junto do Frikstailers, Uproot Andr e mais alguns produtores.

Nós tambem produzimos algumas musicas da Zuzuka Podersa, como: Chama o Bombeiro e Brooklyn Baile Funk com 77Klash

Aqui um video meu e da Zuzuka há alguns meses:

Aqui dois clipes do nossa Festa Nova York Baile Funk no Navio, que nós fizemos ano passado (Clipe de 2009)


Pon de XÃO !!!

Nosso ideal é lutar pelo funk! Nos amamos o Funk! E nos podemos dizer que vocês (do Funk na Caixa) também!

Quem faz parte do Xão?

Membros: Eu (Comrade), Chaach, Kikos Kypors e Mc Gringo. No Brasil, Mc Gus. Jaymay (aka JMAY) entrou nesse ano e ele é de NYC.

Como eu mencionei, Mc Maiquinho é um dos membros tambem, essa é uma das vinhetas que ele fez pra mim na casa dele, na Favela.

Dj Amazing Clay é um parceirão e um membro do Xão, esse ano nós lançamentos seu album = Funk é Cultura.

Um album muito importante, Clay estava lutando contra o Cancer esse ano, então a gente direciou 100% do dinheiro pra ele. Nós temos que ajudar esse veterano do Funk Carioca.

Eu tambem sou amigo do Dj Cabide. Quando ele fez shows aqui nos EUA, ele ficou comigo. Nós dividimos Pontos e praticamos na MPC juntos. Um sonho virou realidade pra mim!

Como os americanos recebem o baile funk? Eles assimalam o som com o Bmore, eles gostam do mix Bmore X Baile funk ou eles preferem só o Funk?

Eu acho assimilamos mais com o Bmore por que o estilo Baltimore é como o baile funk dos EUA. Nós também mixamos com House, Dancehall e até com Cumbia! Eu faço isso na MPC, porque aqui, as pessoas não conseguem escutar o Tamborzão por muito tempo…. ;)

Depois do Tim Festival em 2007, vocês participaram de outro Festival de Música?

Festivais: Depois que não teve mais Funk Mundial no Tim Festival, eu não toquei mais em festivais. Mas eu já toquei em grandes baileis aqui e no Hawaii, Canada, França, Philadelphia, Newark , New Jersey e é claro em Nova York. Chaach esta vivendo na West Cost (Costa Oeste), Portland Oregon,mostrando um novo som para o pessoal de lá.

Então você já tocou em varios lugares, bom eu acho que já vi isso no Rio. O pessoal daqui (ou a maioria deles) não veem o baile funk como música eletronica. Eles veem como uma manifestão, como uma forma de expressar sua opnião e realidade. Os gringos de outros países vêem o funk como Musica Brasileira?

Sim, eles vêem o baile funk como musica brasileira, isso se eles souberem o que é funk. Mas quando você mistura os estilos, fica mais facil para eles perceberem isso e dançarem! Uma coisa que é imporatente, é que a musica é universal, e se tem uma batida bacana – as pessoas vao dançar.

Mas, muitos dos brasileiros daqui vêem o funk como uma ‘ghetto music’ apenas para o pessoal da favela e eles odeiam o funk. Eles acham que é uma má influência para as crianças, por causa das letras falando de sexo e por apoiar traficantes /crime. Assim como o hip-hop foi discriminado por muitos anos antes de ser aceito pela maioria na main-stream.

Como você vê o baile Funk?

Eu vejo o baile funk como ele é, música do povo e para o povo. Ele é cru, divertido, comtemporaneo e sim…a expressão da realidade social de dentro das Favelas do Brasil. Isso é um movimento do pessoal pobre / oprimido. Eu gosto do funk pela sua energia….o suingue do tambor é um adicional, as letras em português são sonoridades unicas. Não tem nada comparado a isso. Produtores de funk não tem medo de samplear NADA. Qualquer ponto, enquanto isso te fizer dançar.

Produções da Xão Productions:

Swedish House Mafia – One (JMAY’s Baile House Remix)

Pra Pono Pe-DJ COMRADE

AFRO TO NA PISTA by DJ COMRADE

Brooklyn Ghetto Fabulosa-Zuzuka Poderosa ft 77Klash by CHAACH!!!

Video Dj Comrade:

http://www.facebook.com/video/?id=551542401

Tags:, , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.806 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: