Entrevista com La Bombacion

Ultimamente, um produtor tem chamado muito a nossa atenção, o produtor Bruno Queiroz. Com seu projeto La Bombacion, fez alguns estudos sobre o funk carioca, no qual ele misturou com outros ritmos latinos num mochilão que fez ao longo da América do Sul. Com muita maestria, conseguiu desmontar nosso famoso tamborzão e reutilizar sua forma em composições diferentes de apenas mashups de samplers e batidas conhecidas. Uma entrevista bem legal para conhecer mais sobre música, cultura, remix e ideias:
O que é o La Bombacion?

La Bombacion é um projeto de Bruno Queiroz projeto de música Latina/Etnica/Eletronica.

Como surgiu esse projeto e o nome?

Nome para projetos sempre foi uma coisa difícil para mim, num determinado momento comecei a buscar ideias em situações que ocorreram comigo, lembrei de uma vez que estive no Uruguai, mal sabia o purtoñol e após de ver um filme queria sair e perguntei “Donde está La Bombacion?”, virou uma piada e isso ficou na minha cabeça. Resolvi assumir essa gafe como nome.

Conte como foi sua viagem pela América do Sul?

Em 2010 fui em 7 países em 6 meses, tudo de ônibus, mochilão. Mudou minha percepção de muitas coisas, hoje gostaria de ter gastado pelo menos 1 ano fazendo o trajeto pois foi tudo muito rápido, o mais marcante foi saber quão
diversa é a cultura na América do Sul, que pouco conhecemos e a partir disso concluir que no mundo tem muito mais para descobrir.

Após sua viagem, como você vê o Baile Funk?

Somente na viagem descobri que internacionalmente o Funk (Carioca) era conhecido como Baile Funk,  independe de qual esta correto, aqui no rio sempre foi conhecido somente como Funk.

Eu vejo muito potencial, percebi que vários outros ritmos latinos (sim, somos latinos) que vieram do gueto, tiveram muitas ramificações e ate chegaram a gerar outros estilos, acho que isso vai e já esta acontecendo com o Baile Funk.

E como você vê o Neo Baile Funk?

Acho muito bom acompanhar e participar desse movimento de diversas experimentações com o Baile Funk. Me incomoda um pouco quando vejo que grande parte dessas produções ignoram a batida e colocam um bumbo 4×4 em cima e usam algum samples de vocal recortado como numa montagem, para mim o que tem de mais rico a ser explorado é o swing do beat.
Infelizmente grande parte das produções mais interessantes estão sendo feitas lá fora, mas acho que vem bastante coisa boa por ai. E também das favelas, com os computadores mais baratos e a garotada produzindo em plug-in em vez de ser refém do preço de uma mpc.

O que você acha dessa nova cena (nacional e internacional) que tem se formado, de 1 ano para cá?

Acho irado, e ela vem se formando a bem mais tempo, em 2005 ja tinha o Apavoramento e o Rio Neutoric Bass.
É o Funk buscando novos horizontes e com mais gente produzindo,  coisas boas vão surgindo a cada dia.

Fala pra gente como esta a  festa Way Out ai no Rio, e como foi com os Avassaladores. E também, suas produções são bem autenticas, por exemplo o seu remix para o Sapabonde. Como você constroi seus remixes?

Agora no Rio sou residente da Way Out, por ter 3 pistas bem diferentes, o público escolhe que estilo quer escutar, uma festa grande onde podemos tocar o que gostamos, o que é dificil de encontrar. O show dos Avassaladores foi Incrivel, eles são muito bons no palco, me supreendeu.

E faz um tempo que fiz a primeira edição da Immigrant, uma festa voltada para musicas do mundo, junto com 2 amigos e com a participação especial do Eugene Hutz do Gogol Bordello, fizemos na rua e deu super certo.

Não tenho muita formula para remixar, e estou sempre pesquisando recursos novos, gosto de escutar uma musica ou acapella e ter ideias totalmente diferentes da original. Vou selecionando essas ideias e colocando em prática.

O que podemos esperar do La Bombacion para 2011?

Agora terminei a versão 0.5 de um set/sessão que fiz para produzir musicas de forma dinâmica. Vão rolar bastantes tracks soltas com referencias de Funk, Moombahton e Kuduro, em breve um EP e se possivel um disco até o final do ano. Mas passei muito tempo da vida fazendo planos hoje prefiro viver um dia após o outro.
O que estiver por vir a mais em 2011 é supresa. (risos)

Mais sobre La Bombaion:

Balkan Beat Box – Bulgarian Chicks ( La Bombacion Remix)

Sapabonde – Vai não se Esconde (La Bombacion Remix)

La Bombacion – Jonathan Go Mashup – 2008 MiniMix

About these ads

Tags:, , , , , , ,

Trackbacks / Pingbacks

  1. Novidades da Semana « Funk na Caixa - 5 de julho de 2011
  2. La Bombacion | 2gringas presents: Bundalelê - 23 de agosto de 2014

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.868 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: