Os Mil trutas do Flying Buff

flyingbuff

Da nova escola de produtores de bass music brasileira, o duo paulista Flying Buff, formado pelo Lucas de Lima e Rafael Casarin, ambos com 19 anos,  tem se destacado no cenário musical. Tanto pela criatividade nos remixes: resgatando musicas brasileiras  pra deixa-las atualizadas com batidas de trap e hip-hop, como revitalizando clássicos do funk, caso do remix Favela Venceu. Semana passada, a dupla lançou o EP Mil Trutas, disponível para download em troca de um like.

O lançamento vem num momento em que eles começam a soltar produções autorais e deixam os remixes para umas brincadeiras. Com apenas um ano de existência o projeto promete muita coisa, e aproveitamos o momento pra bater um papo com eles pra saber mais do EP que vem com a tag #favelaterror.

Bom, pra começar, me digam como surgiu o Flying Buff? Vocês já se conheciam?

Lucas: A gente já se conhecia mas não tínhamos nenhum projeto juntos, conheci ele em uma matinê aqui do ABC. Ele tocava com um brother e eu com outro, ai a matinê acabou, ambas as duplas se separaram e acabei me juntando com o Rafa. Depois de um tempo começamos o Flying Buff.

Se vocês se conheceram na matinê, vocês estão com quantos anos?

19/19

E qual a escola musical da dupla? O que vocês escutavam pra montar o projeto do Flying Buff?

Lucas: Cara, a primeira coisa que me fez começar com o Flying Buff foi ouvir Tropkillaz. Eu ouvi eles um dia e pensei que os caras eram gringo, ai só quando eu vi que era o Zegon junto com o Laudz.

Eu desacreditei, na mesma hora chamei o Rafa e falei que a gente precisava fazer algo naquela pegada, claro que depois a gente buscou outras referências, mas o pontapé inicial foi o Tropkillaz.

IMG_3619

Qual é a dinâmica de produção de vocês?

Lucas: A gente nunca tem nada em mente, mas de repente escuto algo e penso “dá pra fazer tal coisa”, e ai sai um som.

Inspiração é uma coisa inexplicável, vem quando você menos espera.

Vamos imaginar que vocês não são o Flying Buff e eu perguntasse pra vocês sobre o projeto. Como vcs descreveriam?

Rafael: Um projeto com influência da música brasileira, onde o grave é sempre presente nas produções.

Como surgiu a ideia do Mil Trutas?

Lucas: o Flying Buff ia fazer um ano de vida. Pra falar a real, a gente nem lembrava a data, quando fomos ver faltava um mês pra fazer 1 ano hahaha Ai tivemos a ideia do EP.
E  arriscando mais ainda (por causa do tempo curto pra produção) decidimos fazer um lance só de collabs. Foi uma decisão arriscada, porque collab não depende só de nós e talvez não daria tempo de terminar tudo em um mês….. mas deu!

O conceito do EP também é mostrar que a galera precisa se unir cada vez mais, só assim faremos a cena crescer no Brasil.

Qual a ideia da tag #favela terror? Como vcs descreveriam esse som?

Lucas: Isso foi ideia minha hahahha. Na real, esse som é puxado pro ‘jungle terror‘, como diz nosso amigo Zero do Sugar Crush: ”jungle terror é a EDM de favelado”. E pelo fato de conter samples de funk eu mudei o jungle pra favela, ai ficou Favela Terror.

….. e ainda me contaram que vai sair mais sons assim. #favelaterror

Como vocês veem o movimento do funk?

Lucas: O funk está evoluindo muito no fator das produções, tem uns caras inovando muito, o DJ Perera é um exemplo. É um bagulho que estão misturando cada vez mais com a bass music, e isso é genial!

Os gringos estão muito de olho no funk, o que mostra que o movimento funk é gigante. Uma prova disso é o Skrillex tocando Mc Bin Laden, aposto que ninguém imaginou isso um dia na vida hahaha

Qual o som que está no repeat e vocês não param de ouvir?

Rafael: Flying Buff & Ruxell ft. Clinton Sly – Good Times

Lucas: Haikaiss Part Ursso e CDC – Relaxa

O que podemos esperar do Flying Buff para 2015?

L: MUITO mais música do que 2014, isso você pode ter certeza.

Singles próprios também, mas não deixaremos pra trás o nosso lado de samplear outros sons. rs

E vai rolar algum outro EP com os outros 995 trutas?

Lucas: Hahahaha quem sabe. Muitos ficaram de fora nesse lançamento por ter muito trampo já, mas tudo no seu tempo. Ainda não pensamos em um volume 2 do Mil Trutas.

flyingbuff2

Acompanhe o Flying Buff nas redes sociais:

Soundcloud: soundcloud.com/flying-buff
Email: flyingbuffmusic@gmail.com
Facebook: facebook.com/flyingbuffmusic

 

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Ruxell | Funk na Caixa

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

*