Sobre nós

O Funk na Caixa nasceu em 2010 com os objetivos de :

  • Queremos mostrar que o baile funk evoliu e não é mais, só aquele som regional das favelas do Rio de Janeiro.
  • Queremos mostrar o valor do Baile Funk, que é reconhecido mundialmente como a Musica Eletrônica Brasileira.
  • Queremos valorizar o som de produtores e dj’s do estilo, pois é um som que nasceu aqui e tende a crescer não só aqui, mas sim no mundo todo.
Se você tem um set bacana de funk, se você produz algum som relacionado ao baile funk, ou se você é apenas um simpatizante do estilo, entre em contato conosco pelo e-mail: funknacaixa@gmail.com, pelo twitter @funkancaixa ou nos adicione no facebook.

Desde então, focamos os nossos trabalhos em mostrar as novidades musicais do baile funk e do Neo Baile Funk (variação que mostrava o som produzido por produtores que não eram da favela). O Funk na Caixa divide suas atividades em: matérias sobre os personagens do movimento baile funk e lançamentos musicais.

Receba as novidades do Funk na Caixa pelo e-mail, se inscreva no nosso mailing AQUI.

Contato: funknacaixa@gmail.com

leocavallini_studiosopa_9042

O Funk na Caixa é um projeto de: Renato Martins

————————————————————————————————————————————

Histórico de Atividades.

2015:
– Curadoria do palco Funk no CCJ, do festival Dia da Música. Participando da Virada Cultural 2015.

– Lançamento dos EPS: Carlos e Maffalda, Poe a Mão pra cima, Ao Cair da Noite…

– Artigo sobre o Funk Ostentação para o livro “Seismographic Sounds

 

2014:
– Albuns Rasterinha 1 e 2

– Cobertura do movimento Rasterinha com os textos para Noisey, Generation Bass e Norient.

 

2013:

– Produção e curadoria do Álbum “Funk Globo“, lançado pela gravadora inglesa Mr.Bongo

– Lançamento dos videoclipes “Vai Danada” e “Xão Trap“.

 

2012:

– Lançamento do Single e videoclipe Prostituto.

– Co-produção do documentário Funk Ostentação.