Arquivos | Global Bass RSS for this section

MC R1

EP-R1-v1

 

Mais um lançamento do Funk na Caixa, trazendo desta vez o R1, que além de produtor musical também é MC.
Conhecemos o R1 pela produção Joga o BumBum do Mc Maromba, no qual ele também faz a participação de MC. Com um pouco mais de contato e conversa, ele nos mostrou suas produções e o que já havia feito, e a Treme a Bunda ao vivo nos conquistou! Mesmo que a música já esteja lançada, essa versão ao vivo e com guitarras, merecia uma lançamento. Assim conversamos e surgiu esse single do MC.


Treme pro Pai traz um ar sombrio e ao mesmo latino para a rasterinha – aquele ritmo do momento. E junto disso, R1 não perdoa e faz uma letra fantástica, sem putaria ou aquele linguajar vulgar. A letra resgata aquele movimento originário do funk, com letras sensuais e de diversão. Já na música Desliza o produtor trouxe a metalurgia para o funk. Trompetes fazem a melodia da música, junto de uma linha de baixo envolvente. E, novamente, a letra vem de uma forma divertida e ao mesmo tempo sensual.

Acompanhe mais do trabalho do produtor pelas suas redes sociais:

https://www.facebook.com/mcr1oficial

Fiquei ligado também no Funk na Caixa, que terá mais lançamentos ainda neste mês.

Barriguinha Amarela Mixxx

artworks-000070125199-igcfy4-t500x500

Cara, que nome divertido para um projeto musical. Ele é longo, ele é direto, e ele tem uma boa abreviação – BAM. Devo confessar que num primeiro momento desconfiei do que eu poderia encontrar na página do produtor, mas depois de ouvir esse remix mega gangasta – que quase tomou o lugar do remix de trap mais legal do bigode grosso – comecei a ouvir com mais atenção a suas musicas.

Se com mashups o produtor já conseguiu mostrar o seu talento, as produções que ele deve estar cozinhando há algum tempo, devem ser mais arrebatadoras.

Pouco se sabe sobre ele, apenas que é de Macaé, RJ, e que esta:  Remixando a remixagem remixada do remix.

Fique com esse set do produtor e acompanhe mais novidades dele na sua página do soundcloud:

Carlos Beats

 

927353_699820456765932_835869671_n

De tempos em tempos surge uma nova leva de produtores musicais no cenário de Neo Funk, que agita com o movimento, trazendo mais vida, mais novidades, mais influências e referências e assim conquistam seu espaço. Carlos Beats é um desses novos produtores no qual você precisa ter atenção, e ele acaba de lançar um álbum com 10 produções fantásticas, com uma grande influência do som de Sango – que fez escola com seu chill trap, e que esta disponível para download de graça. Então antes de ler isso aqui, aproveite e baixe o álbum!

Carlos Beats, natural do Rio de Janeiro, começou a produzir com seus 15 anos, mas sem muita esperança deixava tudo no seu computador e compartilhava apenas com uma pessoa o seu som, consigo próprio. Depois de quatro anos nesse esquema, criou um pouco mais de coragem e lançou esse álbum na internet, naquele velho esquema de ver no que dá, e olha só, deu nesse post maneiro.

O carioca usa influências do R&B, trap, funk e junta tudo isso no seu som. Aproveitou que é do Rio e usou algumas rimas do pessoal do Complexo do Alemão para dar mais vivacidade as suas músicas, uma delas da Mc Ludmilla – Câozada, que ficou demais! e é a cara do álbum.

Além dessas influências,  o produtor ainda arrisca um pouco do som experimental no seu trabalho, e mostra que não veio pra brincar.

Na cena brasileira, admira e recebe influências diretas dos produtores: o Sants, os caras do Pesadão Tropical, o Barriga Amarela Mix, mas o principal é o Sango. Não só esse time dos pesos pesados, como Carlos Nunez, Kaio AC e Kojack também entram nessa lista.

Se você ficou curioso para ouvir uma das mixtapes do produtor, confira agora e aproveite para segui-lo no soundcloud:

 

Wooles: Apavoramento Sound System

avatars-000090310262-sakdte-t500x500

O dj, produtor e videomaker Jonh Wooles, da equipe Apavoramento Sound System, lançou nessa semana uma dobradinha: um remix para as Pérolas Negras e uma mixtape de rasterinha e booty beats.

Wooles é o tipo de produtor que dispensa apresentações, já que esta no rolê desde antes dos anos 2000, já participou de turnês mostrando o seu funk pela Europa, no RPF leva seus carros de sons, produziu uma galera top tem um estilo único que mistura baile funk, sensualidade e terror, sem mencionar a produção e direção dos videoclipes do Favela Trap do amigo Comrade. Mas, caso essa seja sua primeira vez em ler sobre ele, tai um resumão.

No remix das Perolas Negras um mix de batidas de funk e rap, deixa as rimas da garotas com outro peso. O produto aproveitou também seu conhecimento do funk e incluiu diversos pontos na música, deixando a produção que é europeia com uma cara mais carioca. Usando as palavras do produtor: nem melhor nem pior apenas diferente haha.

De tabela, a mixtape do dj é feita no esquemão live que só ele faz: tocadisco com mpc. Para ouvir mais do som do produtor, confira seu novo canal aqui.

 

Dj Wooles

 

Heavy Baile e Mc Carol – Dorly Neto mixtape

Heavy Baile

Dia 21 de junho, rolou mais uma edição da festa Heavy Baile! Idealizada pelo criador do ritmo, Leo Justi, e que em breve vira uma equipe de som (anota essa), a festa que faz inveja pra galera paulista, traz heavy baile, twerk, baltimore, gangasta, dancehall, trap e todos os sons mais top’s do momento, junto de dançarinas e mc’s. Resumindo, a formula do sucesso.

Bom, sem mais delongas, o dj Dorly Neto que já falamos por aqui, gravou o seu mega set e você pode conferir na integra e ainda colocar no seu celular para fazer a sua corrida matinal. Ou pra treinar o seu passinho. Ou pra curtir. Ou pra qualquer outra coisa, mas aproveite!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.809 outros seguidores