Arquivos | Global Bass RSS para esta seção

Baile Folk Girls (VIP Remix) – Chuck Upbeat

artworks-000075232417-f7bqrj-t500x500

O Russo Chuck Upbeat, continua lançando os incontáveis remixes para sua produção Baile Folk Girls. Dessa vez, o veio o VIP Remix, que começa com uns beats maneiros que lembram o tropical e termina em ritmo de carnaval.

Cara, que confusão esse texto, reparem nas tags: russo, baile folk e carnaval. O que resume muito bem isso é a simples palavra: global bass.

Osahar – Quando o Funk vira Rap

O rapper Osahar, de codinome Diego Mello, mandou umas rimas bem legais em cima da produção do americano Sango. Suas rimas ficaram tão intensas, que o clima quase dançante da produção de beats quebrados ficou esquecido e o som parece mais um rap do que um funk, MAS, uma ótima música.

Atenção: Tome cuidado com o videoclipe. O rapper abriu seu acervo pessoal com imagens do seu primeiro aniversário. O problema é que existe um palhaço que não tem graça nenhuma, aliás, ele e bem assustador.

Dorly Neto – A figura do DJ

1383737_10202416252031906_1651122108_n

Dorly Neto é um dj carioca, que esta cursando o Red Bull Favela Beats – algo como um curso para dj’s do Rio de Janeiro, com ninguém menos que Dj Sany PitBull e Dj Nino, duas figuras importantíssimas do cenário musical carioca, e o mais importante, que são ótimos dj’s.

E falando nisso, o post é sobre a figura do Dj, que anda meio esquecida. Parece que os novos talentos tem deixado a arte de mixar de lado e tem se focado mais na figura do produtor.

O cenário musical precisa de ambas as figuras. Muitas vezes, o dj tem uma habilidade diferente do produtor. O dj conta uma história longa – seu set -, com várias músicas, tem começo meio fim, clímax, traz novidades, mostra tendências, tem um trabalho de pesquisa musical intensa, relembra clássicos e segura uma pista – que é uma tarefa bem difícil. Já o produtor, ele tem a habilidade em contar a história só que menor, na sua produção, suas mixagens se baseiam – na maioria das vezes – nas suas próprias produções e a arte de mixar (aquela de você não perceber a troca de uma música para outra) nem sempre tem lá seu encanto.

Eis que surge o Dorly Neto na figura de Dj. E que faz isso muito bem. Nesse set que ele nos enviou, Surra de Trap 4, a dinâmica do set é perfeita, ele mostra diversos estilos do funk carioca e mostra o valor da figura do dj. Confira e se divirta com esse ótimo set.

 

Munchi and Rasterinha – Interview

artworks-000072228562-bibb3p-t500x500

We know there is a lot of foregin friends who acess Funk na Caixa. Thinking on that, we – some times – write posts about funk and neo funk, interviews,  in english, to help the understading of our friends.

Recently, Munchi released the Vol.II – Contos do Caderinho Verde.  A Ep of Rasterinha and we did a interview with him to digital magazine Vice – brazilian version -, and of course, transalate it to portuguese. So we thougth: hey, we have it on english too, let’s share. And here is, guess you enjoy it!

Leia Mais…

BRASIU com Bass – Gwiro

avatars-000029432862-s7v29k-t500x500

Acabamos de achar uma mixtape fodásitca que mescla funk carioca, neo baile e mashups com funk. Mixagem rápida e direta, músicas que você gosta mas não lembra e músicas que  você ainda não conhece mais vai gostar.

Vale lembrar que este set foi gravado pelo venezuelano Gwiro, apaixonado por tropical music.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.690 outros seguidores