Archive | Neo Baile Funk RSS for this section

Saiu o EP “Vira a Cara” do Leo Justi.

artworks-000123794255-lla751-t500x500

artworks-000123794255-lla751-t500x500

Resenha por: Guilherme Niches

O tão aguardado EP do Produtor carioca Leo Justi saiu! E se tem uma coisa que a gente curte é o trampo do Leo, tanto pela consistência no trabalho que ele apresenta há anos, como a criatividade que flui por todo o projeto que engloba o intitulado “Heavy Baile”. Com 5 músicas, o EP já está disponível para download gratuito. Confira nossa resenha ao EP abaixo.

Leia Mais…

O movimento LGBT no Funk.

FunkNaCaixa-Gay1

Semana passada o Facebook liberou um filtro que permitia você acrescentar à sua foto de perfil as cores da bandeira do movimento LGBT. Essa ação foi na mesma semana em que o casamento gay foi aprovado nos EUA. Como o assunto é muito polêmico, tanto lá como por aqui, resolvi dedicar esse espaço para essa comunidade que o Funk na Caixa sempre apoiou (se você não sabe, trabalhos com o Sapabonde nos idos de 2010 lançando o EP Sapabonde volume 1 e volume 2, quase 20 músicas). Perguntei a um Mc Trans, um bonde lésbico e um bonde gay, “Como é ser um artista gay na cena funk?“. Confira as respostas.

 

Leia Mais…

A linguagem estética do Heavy Baile

Vira a Cara Casal (Vincent) 1890542_206364799571025_1175692889_o

O Leo Justi lançou o videoclipe “Vira a Cara”, dirigido por Leandro HBL. A ideia é mostrar definitivamente qual é a linguagem estética que o produtor, junto do diretor, criou para movimento do Heavy Baile.

Leia Mais…

Tem MC Binladen, Tem Marginal Men, Tem Pesadão Tropical e tem Remix.

artworks-000117665850-iaon1x-t500x500

De um tempo pra cá, ficou mais fácil fazer produções de neo baile funk com a galera que realmente produz funk. Se antigamente os produtores ralavam pra achar os vocais na internet, limpavam na unha e remixavam em cima das batidas, atualmente a galera cola na produtora, toma café e vai pro rolê junto.

Nesse tipo de parceria que a dupla Marginal Men se aproximou da KL Produtora (aquela do Mc Bin Laden, Mc Brinquedo, Mc Pikachu, Mc 2k e outros mais) pra lançar diversos remixes. Os caras, realmente, chegaram na fonte do funk paulista pra mostrar uma nova opção de funk – o que pode ajudar os produtores de raiz a verem o funk como a música eletrônica brasileira.

Numa dessas, saiu esse Fantástico, Pesadíssimo e Divertidísimo que só parcerias assim conseguem fazer. Um remix de trap para a música “Oh Segurança” com o Pesadão Tropical. Habituados com o trap (tanto o trio como a dupla), o remix ganhou synths sombrios e batidas fortes e deixou uma dinâmica diferente no segundo drop, com batidas mais aceleradas e uma melodia de electro alucinante .

É certo que a música vai cair no gosto dos moderninhos adeptos ao Neo Baile Funk. Mas e os funkeiros de raiz, o que será que acham do remix? Comente abaixo uma possível reação.

 

 

Kill the Bass apresenta EP “Ao Cair da Noite”

ktb_aocairdanoite_facebook

Com o compromisso de continuar revelando novos nomes e tendências do funk carioca, o Funk na Caixa traz o EP “Ao Cair da Noite” do paulistano Lucas Marim, 24, natural de Osasco.

O lançamento oficial sai no dia 03/06/2015, mas adiantamos a mix que o produtor gravou para mostrar as influências do seu som. Não vacila e assine a nossa NewsLetter pra ficar em dia com os lançamentos do Funk na Caixa.

 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.969 outros seguidores