#05 Zuzuka Poderosa


Data da entrevista: 07/07/2010

A Zuzuka Poderosa, com certeza, é uma das MC’s de electrofunk com maior destaque na atualidade. Mas nem sempre foi assim, no começo de sua carreira ela era dj de Drum’n’bass e só tocava nos ‘bolachões’. Eis que ela percebeu que o funk existia fora do país (com o pessoal do NOSSA) e se interessou em começar a cantar. Hoje ela  reside em Nova York, aonde é conhecedia como a Diva do Baile Funk de NY, e tem feito alguns trabalhos em carreira solo e em conjunto com Kassino (NOSSA). Recentemente, lançou a track “Entra e Sai” e teve remix de Blnd e Sasquatch Kicks:

Kavera Koma Klub feat Zuzuka Poderosa – Entra e Sai:

[soundcloud width=”100%” height=”81″ params=”” url=”http://soundcloud.com/zuzuka-poderosa/zuzuka-poderosa-kavera-koma-klub-entra-e-sai-original”]

Zuzuka Poderosa – Entra e sai (Blnd Piano Funk riddim Mix):

[soundcloud width=”100%” height=”81″ params=”” url=”http://soundcloud.com/zuzuka-poderosa/zuzuka-poderosa-entre-e-sai-blnd-piano-funk-riddim-mix”]

Zuzuka Poderosa – Entra e sai (Sasquatch kicks remix):

[soundcloud width=”100%” height=”81″ params=”” url=”http://soundcloud.com/zuzuka-poderosa/entre-e-sai-sasquatch-kicksremix”]

A Zuzuka, em parceria com o NOSSA, fez um dos hit’s  mais famosos do electrofunk, o “Ai você Gosta” remix em cima da base de Sweet Dreams:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=xg1aO9XVfgI&hl=pt_BR&fs=1]

Ai voce gosta – Zuzuka Poderosa:

[soundcloud width=”100%” height=”81″ params=”” url=”http://soundcloud.com/nossa/03-ai-voce-gosta-feat-zuzuka-poderosa”]

No soundcloud da MC ainda há outras musicas para conferir, como “Mas você”, um remix com o Dj Sujinho.Vale lembrar que suas apresentações são um espetáculo a parte, com muita presença de palco, rimas fortes e voz muito marcante. Para fechar o post sobre a Zuzuka, fizemos uma pequena entrevista com ela, para conhecermos melhor a nossa Diva:

 

Como foi o seu primeiro contato com o baile funk? O que vc achou do estilo?
O primeiro contato com o funk aconteceu mais ou menos quando tinha 12 anos. Furacão 2000 bombava nas pistas de um club de V.Velha chamado  ITC – Itaparica tenis Clube (R.I.P), onde eu morava na época. Meu irmão mais velho frequentava esse clube. Eu amava funk e junto aos meus amigos ficava fazendo passinhos o dia todo, ate rolava batalhas de passinho. Como eu não podia sair sozinha naquela época, escondia o bagulho do meu irmão e chantageava ele pra me levar no clube pra ver Furacão 2000. Minha técnica sempre funcionava e meu pai deixava ele me levar. Foram tantas emoções…

Quando você decidiu largar o Drum’n’Bass e começar a carreira no funk?
Bem entre 1996 e 2003 meu mundo era Drum’n’Bass. Fui uma super “raver”. Naquela época as raves bombava aqui em NY. Colecionava vinis, revistas, uma” Drum’n’Bass nerd” total. Sabia de tudo. Porém, as raves começaram a não existir e as lojas fecharem. E eu era contra DJ’s que tocavam com Cd’s e dai surgiu o Final Scratch na época, continuei contra.

Nos meados de 2004 conheci um dos meus melhores amigos que começou a vender vinil Brasileiro pra mim. O famoso Joel Stones da Tropicalia in Furs. Continuei a colecionar vinil Brasileiro, e juntos, eu e Joel, começamos a fazer festas A SAMBAFUNKSOULBEAT só de vinis Brazucas eu como DJ Babyfresh, e ele como Flashblack, foi nessa época que conheci Sujinho e Kassiano. Comecei a frequentar suas festas e super fiquei sabendo que o Funk existia fora do Brasil. Pouco a pouco eles foram me incentivando para eu gravar algo. Foi quando eu gravei ” Ai Você Gosta” em meados de 2005. O resto você já sabe onde eu fui parar né?

Continuo colecionando meus vinis, mas não toco tanto quanto antes, mas quando toco ainda toco vinil pois ainda não digitalizei minha coleção. Eu sei que em breve vou aderir pra o Serato e vou começar a tocar novamente com mais frequência, pois não posso negar que hoje em dia vivemos no mundo digital, enfim é a evolução e a revolução da música.
No final Mr. Joel Stones abriu a nova loja e tem que ser dedicar muito ao seu trabalho, eu eu me foquei mais na Zuzuka Poderosa no mundo digital!

Zuzuka Poderosa – Chama o Bombeiro ( Call the Firegither):

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=67xkdn3lpt8&hl=pt_BR&fs=1]

Você ja se apresentou em um baile funk do Rio de Janeiro? Se sim, conte-nos como foi a experiência
Nunca foi numa comunidade do Rio cantar, mas já cantei no Eu AMo Baile Funk com o Sany Pitbull, também ja cantei ao lado do DJ Edgar, Tati Quebra Barraco, Deize Tigrona entre outros aritstas. em vários outros lugares do Rio.

Em Sampa fui ao Capão Redondo num baile onde o Mr. Catra ia se apresentar. Eu estava atrás do palco, e foi quando ele me convidou pra cantar com ele. Nem acreditei, mais fui. Foi demais estar ali num ” back to back ” com o Mr. Catra. Inesquecível e sem palavras.

Qual foi a sua apresentação internacional em que o pessoal melhor recebeu o baile funk?
O lugar que eu gosto muito de me apresentar  é em Montreal. Amo muito o pessoal de lá. Me recebem muito bem. Eles tem a cabeça aberta pra música underground e dão valor também. Sempre tem alguém me pedindo pra voltar, creio que em breve estarei de volta. I <3 Montreal!!

Estou planejando uma Tour na Europa ainda esse ano. A demanda da Zuzuka é enorme. Acho que esta na hora né?

Dá para perceber que você mantem contato com o Kassiano em NY e com suas produções. Como o pessoal de NY recebe o baile funk? Há mta diferença com o pessoal do Brasil?
Sim tenho muito respeito pelo Kassiano por estar ajudando com a cultura do funk aqui em NY. Não precisa nem falar das produções que ele anda fazendo, vocês ja devem ter ouvido a ultima produção dele “Machuka” com o Mr. Cartra, Mulher Filé, e Lil Jon. Já esta ai nas rádios. Respect yo!!

Sim há diferença!! Quanto ao jeito que as pessoas recebem o Funk, sendo não brasileiro. Primeiro que não entendem o que estão dizendo nas letras, quando as pessoas ouvem a batidas do Funk e chão imediatamente !! A galera começa a dançar e rebolar e se esfregar. É o ritmo!! Assim como o Dancehall. Mas não quero comparar as musicas – é assim a força do Beat que em si essas músicas carregam e o impacto que ela tem no corpo e na mente das pessoas. É Poderosa a parada!! No Brasil já é diferente um pouco, por ser um movimento, a gente entende, sabemos da história, do pessoal do Funk, dos Mcs, da cultura em si que e muito mais forte também!!

Aonde foi sua melhor apresentação?

Difícil… foram tantas apresentações maravilhosas, todas elas são especiais pra mim.

O que podemos esperar da Zuzuka para 2010? Muitas produções novas a caminho?
Sim estou trabalhando com produtores espetaculares e com uma cantora no qual estamos colaborando também onde cantamos em Inglês e Português. Também estarei adicionando Espanhol, Portunhol e “Brooklish”. Serão algumas com raizes de Funk entre outras no qual me refletem além do funk, sejam elas Africanas, Extra Terrestres, Dubstep e entre outras.

Minha cabeça é uma caixa aberta e acho que nunca vou conseguir fecha-la enquanto existir música. Tenho muito o que expressar de todas as maneiras possíveis. Quero compartilhar com vocês. Coming Soon.

Novidade da Zuzuka feat Nego Moçambique – Celular:

[soundcloud width=”100%” height=”81″ params=”” url=”http://soundcloud.com/zuzuka-poderosa/zuzuka-poderosa-nego-mocambique-celular”]

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

*