#12 João Brasil

joao brasil 1
You can read this interview in english here.

Data da entrevista: 23/10/2012

A arte de recortar e colar é mais do que trabalhos do ensino fundamental, hoje é trabalho de gente grande e levado a sério. João Brasil é um dos grandes nomes do mashup que se destacam entre as colagens com sua criatividade e determinação (em 2010 realizou o projeto 365, no qual fez um mashup por dia). E nesse seu projeto ambicioso de 365, ele conseguiu chamar a nossa atenção pela grande quantidade de mashups com funk. Assim, descobrimos sua paixão pelo funk carioca e tivemos que conversar com essa peronsalidade única. Vamos lá:

365 Interlude (João Brasil)

[soundcloud url=”http://api.soundcloud.com/tracks/1240050″]

Conte-nos sobre a sua carreira?

Comecei tocando bateria, tinha banda de rock e blues, tocava nos festivais das escolas, depois comecei a cantar e tocar violão, fiz faculdade de comunicação, depois fui fazer faculdade de música em Boston na Berklee, lá aprendi a compor, produzir música eletrônica, … Me formei e voltei para o Brasil, montei um estúdio de gravação e produção, nesse período fiz meu primeiro CD o “8 Hits” que foi lancado pela Som Livre, “Baranga” virou tema do programa “Mucho Macho” do Marcos Mion na MTV e até cantei no Faustão. Nesse período comecei a fazer festas no Rio (Calzone e Dancing Cheetah) e tocar como DJ. Depois disso lancei meu primeiro disco de mashups com baile funk “BIG FORBIDDEN DANCE“. Toquei em várias cidades do Brasil por causa dele. Agora moro em Londres, já estou um ano aqui, terminei um mestrado em mídia interativa, estou fazendo o projeto de mashups e vou lançar meu primeiro EP europeu pela Man Recordings em Janeiro.

Porque o nome artistico João Brasil?

Ele não é 100% artístico. Minha mãe tem “Brasil” no sobrenome, eu que não tenho. Usei esse nome dela pois acho muito bom para o tipo de som que faço.

Como você se intitularia? Um produtor de lambada, de mashups ou apenas de musica eletrônica?

Sou um compositor, produtor, músico que usa o computador como instrumento musical. Tento colocar o máximo de tropicalidade possível dentro de um contexto pop global.

Dar-Te-Ei Gasolina (João Brasil)

[soundcloud url=”http://soundcloud.com/joaobrasil/dar-te-ei-gasolina-jo-o-brasil”]

James Eastwood (João Brasil)

[soundcloud url=”http://soundcloud.com/joaobrasil/james-eastwood-1″]

Em relação ao seu mestrado, como foi a experiência de morar em Londres.

Londres é um sonho para qualquer músico ou artista. Aqui é arte e música para todos os lados o tempo todo. Essa experiência está sendo fundamental para minha carreira e minha música.

Como o pessoal recebeu o seu som ai em Londres? Alias, conte-nos sobre seus set’s na festa “Club Popozuda“.

Fui muito bem recebido aqui em Londres e na Europa em geral. Todos amam nossa música, eu sou bicho exótico por aqui. rsrs meus sets no Popozuda são de mashups meus com Baile Funk, tem dançarinas, faço set de live MPC (no meu caso MPD32), a galera se acaba de dançar. O Favela Chic virou minha casa aqui
Em relação ao seu Projeto 365, conte-nos o porque da ideia e como se sente em estar finalizando-o (já que estamos em Dezembro)

Sem dúvida nenhuma é o meu maior projeto até hoje. É uma trabalheira absurda, mas já estou muito feliz com o resultado. Minha mulher teve essa idéia brincando três dias antes do ano novo e eu levei a brincadeira a sério.

Encerrando o 365, o que podemos esperar do João Brasil?

Vou lançar meu primeiro EP pela Man Recordings com participações da Lovefoxxx, Marina Gasolina e Gaby Amarantos. 2011 vai ser um ano mais de remixes, produções e músicas autorais e muito “touring”. Vou rodar Europa, Ásia e US tocando.

joao brasil 2

Bom, você tem produzido bastante mashup de baile funk. Sabemos que em 2005-2006 houve um boom de baile funk na cena eletrônica mundial, com Diplo, Man Recordings, M.I.A e Bonde do Role. Você acha que o baile funk conquistou seu espaço ou aquele boom foi só uma tendência mundial?

O funk sempre terá seu espaço, ainda acho que ele nem chegou na metade do caminho que pode chegar. Nem a Madonna, nem a Lady Gaga e nem a Beyonce fizeram nada com baile funk. Ainda temos muito trabalho para fazer.

O que você acha sobre os estilos brasileiros que estão ganhando destaque na cena mundial, como o tecnobrega e o baile funk?

Ainda acho que ganham destaque num mercado específico. Ou mercado de músicas eletrônica alternativa ou Global Guetto. Tem muito para crescer ainda. Acredito que um dia chega na massa mundial.

Qual é o MC que mais te chama a atenção atualmente? E o produtor musical?

No Brasil na cena de funk, estou gostando muito da Gi e do Sapabonde (conheci aqui com vocês) e de rap, sou fã do Emicida.
Aqui fora estou escutando muito Theophilus London, Kanye West (óbvio) e Jay Z. Tô ouvindo muito rap rsrs

Diga-nos um Top 5 do baile funk.

Muito difícil essa!! Gosto de tudo! haha
Vou nos clássicos e nos que vem na minha cabeça agora!

1 – Rap do pirão
2 – Som de preto – Amilka e Chocolate
3 – Se ela dança, eu danço – Mc Leozinho
4 – Adultério – Mc Catra
5 – Sou foda – Avassaladores

SET:

Club Popozuda Mixtape #5 (João Brasil)

[soundcloud url=”http://api.soundcloud.com/tracks/4390525″]

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=QGbUIS74SjM&fs=1&hl=pt_BR]

TRACKS:

Separamos algumas das tracks do começo do ano, que João Brasil produziu. Como ele tem um acervo de quase 360 músicas, foi bem dificil a escolha.

Boom Boom Nana (João Brasil)

[soundcloud url=”http://api.soundcloud.com/tracks/1313138″]

One more batucada (João Brasil)

[soundcloud url=”http://api.soundcloud.com/tracks/1557884″]

Bolete mine (João Brasil)

[soundcloud url=”http://api.soundcloud.com/tracks/1487209″]

Get pet (João Brasil)

[soundcloud url=”http://api.soundcloud.com/tracks/1668370″]

Smells pra dançar (João Brasil)

[soundcloud url=”http://api.soundcloud.com/tracks/1615442″]

Dig Minigame (João Brasil)

[soundcloud url=”http://api.soundcloud.com/tracks/1732285″]

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

*