#13 Deize Tigrona

Há tempos que queriamos conversar um pouco com a Deize Tigrona, e em fevereiro deste ano além de conversarmos conhecemos ela pessoalmente. Uma pessoa bem simples e humilde, com um talento e domíno de palco incrível. Conseguimos conversar um pouco mais com essa rainha do Funk e conhecer mais sobre a cena de funk carioca:

Como você começou sua carreira? e quem é a Deize Tigrona?
Comecei em uma quadra aqui na Cidade de Deus que é o Coroado da Cidade de Deus, fazendo rimas em duelos entre meninas e então gostei e não parei de cantar mais. Depois de varios codinome me identifiquei com o de Tigrona, que sou assim tranquila mas sei agir na hora certa, hahahah.
Como foi seu contato com o Daniel Haaksman?
Foi muito bom, ele é uma pessoa muito profissional e conhece bem as tendencias musicais.
Como foi produzir para um selo estrangeiro que estava interessado no Baile Funk Brasileiro?
Foi otimo, porque é a maneira em que a nossa musica da favela, esta sendo ouvida  em varios paises e tendo um lugar nos hits estrangeiros

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=C36kMFJF–I&w=425&h=349]
Conte-nos a experiência de divulgar o Baile Funk pelo mundo.
Bem gratificante, porque as pessoas curtem muito o batidão carioca.
O que vc tem achado desse novo movimento que chamam de Neo Baile Funk?
Eu acho que a musica em si, não tem barreiras e a tendencia é sempre inovar.
Como anda o funk carioca hoje em dia? Mudou muito da epoca que você começou?
Bem, acho que nos dias de hoje o funk carioca tem um lugar na sociedade e respeito entre os grupos musicais. Em relação a epoca que comecei, acho que sim, vejo que tem mais aceitação e menos discriminação.
O que podemos esperar da Deize Tigrona, de lançamentos.
Tenho feito muitas parcerias e tenho muitas coisas em mente para poder lançar.
Você ja fez dupla com a Tigarah, como foi cantar com ela?
Foi muito bom, porque ela tem ritimo e manda muito bem.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=-umWo158sh4&w=425&h=349]
Há muita diferença na forma de como o estrangeiro vê o funk e o brasileiro?
Eu acho que o estrangeiro e o brasileiro ainda vê o funk de forma não muito bem vista, ainda temos que superar muitas barreiras, mas sei que foi assim com o samba e vai ser assim com o funk
Deixo um grande beijo para todos do funk na caixa e para todos que curtem o funk
Pra quem não conhece, Deize Tigrona é uma das maiores Mc de Rio, que ajudou a divulgar o funk em quesito nacional nos anos de 2005 a 2007. Com produções com Daniel Haaksman e Diplo, ela tem a habilidade de não se prender apenas as batidas do funk, gravando músicas com Tigarah (rap), Buraka Som Sistema (kuduro) e até mesmo com BNegao (break-beat/funk).

[bandcamp album=4112029453  bgcol=FFFFFF linkcol=4285BB size=grande2]

Injeção – Dj Malboro e Deize Tigrona

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

*