Dia da Música – Palco Funk na Caixa

IMG_8151

Gravamos o set dos artistas do palco Funk na Caixa no Dia da Música. Confira como foi o evento pelos sets gravados e também pelas fotos.

Leia Mais…

“Sem mais delongas, somos o que somos graças ao funk.” DropKillers lança EP de Chill Trap “10K”

Capa EP Chill Baile 10K(1)

Dez mil foi um grupo de mercenários na antiguidade. Dez mil kilometros é a distância aproximada entre o Brasil e a Lituânia. Dez mil também uma música do Raul Seixas. Nesse caso, dez mil é a quantidade de fãs que a dupla DropKillers tem no Facebook. E como essa é uma marca memorável para um projeto que tem pouco mais de um ano de vida, eles soltaram um EP com 4 remixes de Chill Trap, pra você, fã da dupla, poder conferir e repassar pra mais amigos!

Leia Mais…

Funk na Caixa esta no Dia da Música: Palco Funk no CCJ

dia da musica final

Dia 21, domingo, o Funk na Caixa sedia o palco de Funk no festival Dia da Música.

O Dia da Música é um festival que acontece no mundo inteiro, mostrando as diversas facetas que a música tem; ele também ajuda a fomentar novos artistas e estilos, tanto que a capital de São Paulo receberá diversos outros palcos como de: rock, indie, eletrônico, rap,etc. (Você pode conferir a lista completa aqui.)

Pensando no Funk, recebemos o convite de sediar o palco que estará no Centro Cultural da Juventude, localizado na Zona Norte de São Paulo. O espaço que já dialoga com o funk há muito tempo, abriu as portas para receber mais um evento de funk, dessa vez com a curadoria do Renato Martins – criador do Funk na Caixa.

Selecionamos os principais nomes do circuito de São Paulo para você entender mais do movimento e também poder se divertir com a gente – aproveita que os shows são de graça. Confira que são os nomes:

– Dj Ferrugem: O funk não é feito só de MC’s, existe também a incrível arte de mixar as músicas numa MPC, ao vivo e sem truques. Chamamos o dj carioca de coração, mas que já mora em São Paulo há alguns anos, para mostrar o melhor do funk.

Mc R1: Puxando o lado melódico, o produtor, DJ, MC e compositor R1 vai mostrar que há sempre uma forma de criar uma música envolvente sem ter que expor a putaria. Com letras sensuais, o MC é queridinho das meninas que se acabam de dançar nos seus sets. Fique ligado no hit “Treme a Bunda” e mostre seu gingado na festa.

Mc Garden: com o lado consciente, o Garden é o nome para mostrar que o funk tem muito conteúdo. Tem música boa, com cara de pista e mensagem correta. O MC que vem da Zona Sul é a nossa principal aposta para o funk paulistano se reinventar novamente.

– Gree Cassua e Perera DJ: o Perera é o principal nome no rolê paulistano de funk, agora ele esta com uma empreitada de produzir novos artistas. Aproveitamos o momento pra mostrar quem são as apostas do produtor.

Confira todas as informações neste link! Nos vemos no domingo!

 

Mc Garden e o Funk Consciente

McGarden

São nos momentos de crise que aparecem as soluções para os problemas, enquanto o Mc Pedrinho foi proibido de fazer bailes por causa do conteúdo obsceno das suas letras, surge Mc Garden mostrando uma vertente paulista que canta um funk conscientes sem aquela forçação de barra.

Leia Mais…

“Só por Deus, irmão” conheça a websérie do Perera DJ

Depois de entrevistar o DJ Perera, comecei a acompanhar mais de perto o seu trabalho. É inegável as mudanças que ele trouxe pro funk de São Paulo: de ostentação, o movimento virou de putaria; as produções de funk ganharam uma sonoridade nova com a inclusão de mais instrumentos ao funk (ao invés da habitual colagem de samples pra criar uma melodia); ele conseguiu se destacar num meio dominado por MCs e DEEJAYS e trouxe a atenção para o PRODUTOR da música.

Essa são algumas das novidades que o produtor trouxe ao funk. Agora, com sua nova empreitada de abrir uma produtora de vídeo, Perera começou a gravar seus shows e dia-a-dia em uma série intitulada “Só por Deus, irmão”. Se ele já mudou tantas coisas, será que ele irá mudar o mercado de audio-visual do Funk? Comente abaixo.

DETALHE: Mesmo trabalhando com funk, vivendo de funk e ser um cara do funk, a trilha é do rapper Sabotage.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.969 outros seguidores