Confira os remixes do pernambucano Κ Şlĭng Ħσσĸ

avatars-000136832286-lxj8ir-t500x500

” Sé loko em cachorrera”, mas no caso do pernambucano Klever Alves, o lance é com o tigre. O cara que esta soltando alguns remixes de trap na sua página do soundcloud tem um gostinho a mais pelo funk. Separamos 3 que tem feito nossas tardes,  remixes pro Mc Pedrinho e Livinho, Mc Bin Laden e Mc Delano.

O produtor que ainda arrisca os remixes por brincadeira tem acertado a mão nos drops e no peso das batidas, um pouco mais e lança EP com originais e por ai vai. O mais legal é ver o Funk caindo no gosto de gente de longe, como do Nordeste. Mais um sinal de que o Funk é a música eletrônica brasileira. Confira os remixes:

O Pesadão Tropical mandou um set pra rádio SOHO

10354237_779358862147601_352510260446339486_n

Os novinhos mais queridos de Pelotas acabaram de subir um set de favela trap e funk carioca que eles mandaram para a rádio gringa Soho. O lance é porradeira e putaria do começo ao fim, do jeito que eles gostam. Com pouco mais de um ano, o trio se fechou uma temporada no estúdio pra produzir e se organizar melhor, e esse resultado você já consegue conferir pelo novo site dos caras e também pelos edits e remixes inéditos que aparecem no set.

Troquei uma ideia rápida com eles pra saber mais desse lance da SOHO.

Como surgiu o convite pro set da SOHO Radio?’
Uma DJ da SOHO colocou Favela Venceu num programa pra Radar Radio, também de Londres e nos mandou o link do programa pelo soundcloud. Aí nós agradecemos e ela perguntou se não rolava de fazer uma mixtape pra outro programa, porque ela tinha se interessado bastante pelo som.
Esse programa dela é bem legal, focado na bass music.
Como vocês reagiram a esse convite?
Po, foi legal pra caramba! É sempre bom ver que o nosso som tá chegando em lugares que a gente nem pensava em atingir antes. Saber que pela própria pesquisa musical da moça (Emily Dust), ela nos achou.
E o set, o que vocês podem adiantar dele?
Essa foi nossa primeira experiência em gravar set no Ableton. Procuramos “profissionalizar” mais as tracks que iam ser tocadas, no sentido de fazer a mixagem por tom (coisa que não era uma preocupação muito relevante antigamente). Procuramos também evitar ao máximo o uso de FX’s nas mixagens, li em uma matéria em um fórum, que a mixagem perfeita é aquela onde você não precisa usar artifícios não precisa “forçar” a mixagem, ela flui naturalmente.
Procuramos empregar isso também no set, bem como dar uma atenção especial para nossas tracks, de maneira a ter uma maior representatividade.

 

O dj Mr. Digital remixou o Cecil Perini

O Dj e, agora, produtor Mr. Digital lançou nessa semana um remix para o produtor Cecil Perini. O remix de favela trap traz um ar mais dançamente para a música original que é bem chill, um lance bem calmo.
Os dois são de Las Vegas, a cidade mundial dos cassinos, e arriscam um som para os gringos que passam por lá. Aproveite o download gratuito e ouça algumas mixtapes do Dj Mr. Digital neste link.

Conheça a MC Tha

10311761_556121017855886_5814000566831586624_n

A MC Tha, code nome da amiga Thais Dayane, é o novo projeto da menina que virou mulher. Sua carreira não começou hoje, ela vem desde seus 15 anos quando descia pra baixada – então sede do funk paulista – para gravar e produzir suas músicas.

Nascida em Cidade Tiradentes, Zona Leste de São PAulo, Thais já tem certa história no funk: começou como uma adolescente rebelde com seu funk agressivo. Em seguida, com mais idade e experiência, lançou sua carreira solo como Mc Thaah, mesclando letras de amor e também cantando sucessos do passado.

A coisa até que ia bem, mas a dificuldade se de ter uma carreira solo é foda. Ela passava por um momento delicado da sua vida, ao mesmo tempo que conseguiu um bom emprego e precisava se dedicar, acabara de entrar na faculdade.

Aquela combinação de: Trabalho + Faculdade + Namoro + Família é dose. Nunca há tempo pro seu hobby, que no caso era cantar. A MC chegou a participar do projeto FunClassic, com algumas apresentações que renderam muito prestígio a cantora, mas como “sobrar tempo” era como um eclipse na sua vida, ele teve que deixar a sua carreira de lado. Até agora.

A nova MC Tha vem remodelada e adulta. A menina virou mulher e sabe o que quer. Encontrei com ela algumas vezes no rolê, que me disse que tinha coisa nova e coisa boa pra soltar. Quando comentei do JSTJR no Brasil ela não hesitou em colar no estúdio e mostrar seu material. Soltou pelo menos 3 músicas novas pra gente e ouvir e falar ‘cara, ai vem coisa boa’.

Nessa sua nova fase, a MC aproveitou pra soltar um video clipe sob direção dos amigos da Moloko Filmes.

Fique ligado na moça que tem coisa boa vindo por ai. Se você for produtor e se interessa pelos vocais dela, manda um e-mail pra gente, sabemos como te ajudar!

O DJ Dorly se juntou ao Heavy Baile

artworks-000109812466-gceves-t500x500

Lembra daquele DJ Simpático e talentoso que falamos semana passada aqui no FNC? Então, como já dissemos ele é bom mesmo e a galera do Heavy Baile não perdeu a chance de juntar ele ao seu time de produtores. Dorly aproveitou e lançou uma mixtape bacanérrima pra comprovar que isso não foi só por amizade não, ele mereceu a coisa.

SET LIST PRA VOCÊ COPIAR E BAIXAR TUDO:

ntrodorlynização dos Netinhos – DJ Uly
Atoladinha (DJ Comrade Remix) – Mc Bola de Fogo
Mou$e Tr4p – Carlos Nunez
Baile Funk Girls (DJ Comrade Remix) – Chuck Upbeat
Money (Dorly Baile Buttleg) – Lido
Glamurosa (DJ Comrade Jersey Club Remix) – MC Marcinho
Mulherada (Leo Justi Remix) – DJ Comrade
Do you (Johnny Ice Heavy Baile Edit) – Miguel
Core (Favela RMX) – OMULU
Core – RL Grime
Cyclone Montagem – DJ Comrade
Devil’s Horns – Leo Justi
Deixa os garoto brink – WC Beats
Pica – Dorly
Favela Venceu – Flying Buff & Pesadão Tropical
Bololo Haha (ZinhoBeats TrapRemix) – Mc Bin Laden
Eu sou patrão não funcionário (Dorly Baile Edit) – Ghetto Vanessa
HOJE NA CASA DO SEU ZÉ (Ruxell F4v3L4 Mix) – Mc Britney

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.943 outros seguidores